Requisitos para concursos específicos

Além dos requisitos gerais que os participantes precisam saber antes de realizarem a prova para se certificarem de que está dentro dos parâmetros, existem as regras de concursos específicos que podem variar, sendo conhecidos como requisitos extras. Ou seja, além dos que já são, geralmente, solicitados aos concurseiros.

Foto profissional grátis de assinando, assinatura, autoridade

Normalmente, os processos seletivos que exigem demais condições são os de bombeiro, policial civil e militar, guarda civil, dentre outros. Pensando nisso, no presente artigo, falaremos com um pouco mais de detalhes a respeito de tais obrigações que devem ser seguidas. Acompanhe abaixo e boa leitura!

  • Altura: Ao se tratar de corporações como a Polícia Civil, Militar ou até mesmo o Corpo de Bombeiros podem solicitar que o concurseiro tenha uma altura mínima ou máxima devido aos treinamentos físicos que são exigidos para que o profissional consiga atuar de forma adequada em sua função, além da própria natureza da profissão fazer essa solicitação;

  • Passagem na polícia e ação penal: Cidadãos que possuam passagem pela polícia ou, de alguma forma, tenham sido condenados pela justiça não podem fazer as provas de ingresso a cargos públicos, exceto aqueles que apresentarem atestado de Reabilitação Criminal. Em concursos da Polícia ou concursos de caráter Judiciário não aceitam candidatos que tenham cometido quaisquer que seja o crime;

  • Nome sujo: Determinados concursos, por exemplo, o do Banco do Brasil, solicitam que os candidatos não possuam nome sujo pelo Serviço de Proteção ao Crédito – SPC, pelo Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos – CCF ou pelo Serasa. O motivo de tal demanda é para que seja evitado lavagem de dinheiro e fraudes dentro do cargo;

  • Experiência: Em alguns casos, a comprovação de experiência anteriormente é de extrema relevância, por isso, pode ser solicitada em algum tipo de processo seletivo, como os da área jurídica;

  • Local determinado de residência: Alguns cargos requisitam que o participante do concurso reside em cidade ou Estado determinado para que melhor atenda a necessidade da ocupação em questão. Isso ocorre, por exemplo, o de Agente Comunitário de Saúde.

Dito isso, percebe-se que é primordial que o candidato leia o edital e esteja sempre atento aos requisitos gerais e específicos ao cargo que deseja ocupar para que, dessa forma, consiga verificar se está apto ou não para prestar tal prova. Para mais informações sobre concursos públicos, nos acompanhe aqui no nosso site e nas nossas redes sociais.

Compartilhe

Thayna Perrucine Rodrigues

Graduada em Licenciatura em Letras com dupla habilitação de Língua Portuguesa e Língua Inglesa pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, redatora do Estudo Certeiro e atuante nas diferentes vertentes do Marketing Digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × 5 =