Concurso ANTT 2020 – Solicitado cargos de nível médio e superior

5
(1)

De acordo com informações da assessoria de imprensa da autarquia, um novo edital para o Concurso ANTT foi solicitado ao Ministério da Economia com 295 vagas para candidatos com o nível médio.

 

É grande a expectativa de realização do concurso público da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Concurso ANTT). De acordo com informações da assessoria de imprensa da autarquia, um novo edital foi solicitado ao Ministério da Economia com 295 vagas para candidatos com o nível médio e 99 vagas de nível superior.

 

Concurso ANTT 2020 - PREVISÃO

 

Cargos e Vagas do Concurso ANTT

As vagas para nível médio foram solicitadas para os cargos de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres (208 vagas) e Técnico Administrativo (87 vagas). Além disso, foram solicitadas vagas para ensino superior, nos cargos de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres (63 vagas) e Analista Administrativo (36 vagas).

Os cargos de técnico têm requisito de nível médio completo,enquanto os cargos de analista e especialista têm requisito de nível superior. Os salários chegam a até R$15,5 mil, já considerando o auxílio alimentação de R$458,00. Veja os valores:

  • R$7.474,67 para técnico administrativo;
  • R$7.846,37 para técnico em regulação;
  • R$14.265,57 para especialista em regulação;
  • R$15.516,12 para analista administrativo.

A ANTT tem sede em Brasília (DF). No entanto, há possibilidade de lotação de vagas nas unidades regionais no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina.

 

Último Concurso ANTT foi em 2013

O último concurso da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi realizado em 2013, quando contou com oportunidades para Analista Administrativo, Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres e Técnico Administrativo. O certame contou com a organização do Cebraspe/Cespe.

 

Sobre a ANTT

A Agência Nacional de Transportes Terrestres foi fundada no mandato do Presidente Fernando Henrique Cardoso e absorveu as responsabilidades relacionadas às concessões de rodovias federais, realizadas pelo extinto Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), e ao processo de desestatização das malhas da Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA), que também foi desativada.

A ANTT fiscaliza o transporte ferroviário de cargas e passageiros do Sistema Nacional de Viação; o transporte rodoviário de cargas e passageiros interestadual e internacional e o arrendamento dos ativos operacionais; o transporte de cargas perigosas e especiais em ferrovias e rodovias e o transporte multimodal (aquele que utiliza mais de um tipo de veículo para fazer a mercadoria chegar ao destino correto).

Os objetivos da instituição são supervisionar e/ou regular as atividades e prestações de serviços para que passageiros e cargas estejam em segurança; bem como implementar as políticas estipuladas pelo Ministério dos Transportes e pelo CONIT, preservando o direito de todos para que não haja conflito de interesses, competição imperfeita ou infração de ordem econômica no setor de transporte.

Entre os princípios da Agência, estão: a promoção do desenvolvimento econômico e social, a preservação do interesse nacional e a garantia da integração regional. Além disso, esse órgão federal visa garantir aos cidadãos, sempre que for possível, menores custos com os serviços prestados.

Algumas das diretrizes da ANTT são: conter ações e fatos que configurem ou possam configurar atos de competitividade imperfeita ou contravenções de ordem econômica; promover o estudo e as iniciativas de melhores tecnologias aplicáveis aos meios de transporte; e priorizar os programas de ação e de investimentos referentes aos eixos estratégicos de integração nacional, de abastecimento do mercado interno e de exportação.

A ANTT garante a prestação de um serviço que é vital para a população, já que todas as ações de regulamentação e fiscalização do setor de transportes possuem um caráter permanente. Vale ressaltar que o transporte rodoviário interestadual e internacional é um dos mais usados pelos cidadãos durante o ano, afinal, o Brasil possui mais de 1,7 milhões de quilômetros de malha rodoviária, responsáveis por interligar todas as partes do país.

 

Curso Preparatório para o Concurso ANTT 2020

Com um concurso concorrido, acaba ficando inevitável não se preparar adequadamente. Portanto, para quem quiser uma boa colocação neste concurso eu aconselho um Curso Preparatório para Concursos Online, mais especificamente o Gran Cursos Online.

Antes de mais nada, se você não conhece o Gran Cursos, veja esta postagem: Gran Cursos É bom?

 

Resumo do Concurso
  • Concurso: Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)
  • Data de Inscrição: A definir
  • Data das Provas: A definir
  • Escolaridade: Nível Médio e Superior
  • Número de vagas: 394 vagas
  • Remuneração: Até R$15.000,00
  • Banca Examinadora: A definir

 

Essa publicação foi útil?

Classificação média 5 / 5. Votos: 1

Ainda não contém votos

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *